Como saber se o seu freio está ruim

Como calibrar os pneus dos carros

O pneu perde parte da calibragem por causas naturais, normalmente em torno de 1 psi (0,076 bar) por mês. A perda de calibragem pode ser acelerada através de vazamentos de ar devido aos seguintes casos:

  • um furo acidental
  • pela válvula que precisa ser trocada a cada troca de pneu
  • através da tampa da válvula, essencial para garantir vedação hermética.
  • pela roda, que deve ser limpa a cada instalação de pneu.

É fundamental seguir as orientações da fabricante do veículo ou do pneu, principalmente ao que se diz respeito referente às condições de uso (cargas/velocidades, etc)

É recomendável a verificação da calibragem quando os pneus estiverem frios, ou seja, que tenham sido usados a mais de 2 horas ou que percorreram menos de 3 km a baixa velocidade.

Caso os pneus estejam quentes quando forem verificados, adicione 4 a 5 psi (0,3 bar) à calibragem recomendada pela fabricante do veículo. Feito isso, repita a verificação da calibragem quando os pneus estiverem frios.

Nunca esvazie um pneu quente.

Mesmo que os pneus sejam inflados com nitrogênio, a calibragem e a condição geral ainda assim precisam ser verificadas com frequência.

Como verificar a calibragem dos pneus

Inserir o calibrador na haste da válvula do pneu.

Em seguida, ele irá apitar e mostrar um número correspondente à calibragem interna do número psi.

O som escapando do pneu não deve afetar a calibragem de forma considerável, a menos que você mantenha o calibrador apertado por muito tempo.

Comparar o psi medido com o psi recomendado.

Caso o psi esteja acima do número recomendado, deixe o ar sair até que os números coincidam. Se estiver abaixo, adicione ar até atingir o número adequado.

Onde encontrar a calibragem recomendada para os meus pneus

No manual do proprietário do veículo.

Em uma etiqueta na porta do motorista ou na porta do tanque de combustível.

Não usar o número indicado no flanco do pneu, pois não indica a calibragem necessária para o seu pneu.

Quanto aos calibradores, é importante ter cuidado ao usar um calibrador de posto de gasolina, pois eles não são muito confiáveis. Além disso, ao comprar um calibrador de alta qualidade, deve-se verificar sua precisão com um profissional de pneus.

Pneus com calibragem insuficiente ou excessiva tendem a se desgastar mais rápido do que o previsto, reduzir a aderência e consumir mais combustível. São necessários apenas alguns minutos por mês para ajudar a garantir não apenas a sua segurança, mas também, a longevidade dos seus pneus.

Ao manter seus pneus com a calibragem correta, você reduz seus custos de manutenção. Os pneus com calibragem insuficiente são mais propensos a sofrer um superaquecimento, pois consomem mais combustível e desgastam-se mais rápido. Dessa mesma forma, a calibragem excessiva pode reduzir a vida útil do pneu, reduzindo a aderência e, consequentemente, causando problemas de controle do volante.

Quanto ao desgaste, um pneu com calibragem 20% abaixo do recomendado pode render até 20% a menos de quilometragem. Isso equivale, em média, a uma perda de 8.000 km em uma possível quilometragem de 40.000 km. Por outro lado, a baixa calibragem dos pneus aumenta o consumo de combustível e as emissões de CO₂.

As vantagens em utilizar o nitrogênio

O nitrogênio é simplesmente ar seco sem oxigênio. O ar contém quase 79% de nitrogênio. Ele é utilizado na maioria dos pneus, onde é preenchido com ar comprimido. Porém, em algumas lojas de pneus, o nitrogênio passou a ser colocado nos pneus. 

O nitrogênio e o ar comprimido podem ser misturados e a maioria dos pneus pode ser inflada com ar ou nitrogênio, desde que as calibragens recomendadas pela fabricante do veículo sejam respeitadas.

Quanto ao nitrogênio, quando ele substitui o oxigênio, menos ar consegue escapar dos pneus, e a calibragem permanece alta por mais tempo.

Já em relação às inspeções, outras possíveis causas de vazamentos como, por exemplo, interface pneu/aro, válvula, interface válvula/aro e a roda, significam que não há garantia de manutenção da calibragem seja com ar ou nitrogênio. A calibragem e a condição geral do pneu ainda precisam ser verificadas com frequência.

Válvulas

Elas devem assegurar a manutenção da calibragem adequada do pneu e impedir a entrada de umidade no pneu.

A tampa da válvula tem importância especial para ajudar a impedir que partículas de poeira obstruam a válvula. Por isso, recomenda-se o uso de tampas de alta qualidade. Geralmente são feitas de borracha e, portanto, envelhecem.

Podem ser danificadas por altas velocidades, causando o vazamento do ar dos pneus. Além disso, devem ser trocadas sempre que comprar pneus novos.

Pajé Amortecedores sempre com você!

É importante lembrar-se de fazer a manutenção preventiva do seu veículo, para analisar, também, o funcionamento de outras peças e assim, manter-se sempre seguro na estrada. Em caso de dúvidas, possuímos um time especializado e pronto para te ajudar.

Equipe Pajé Amortecedores

Estamos prontos para atender os mais variados veículos do mercado, do mais simples ao sofisticado, do nacional ao importado. Venha conferir: profissionais qualificados e garantia das melhores peças e serviços em um só lugar. Há mais de duas décadas no Rio de Janeiro, a Pajé Amortecedores e Pneus conquistou a confiança da clientela pois presta os melhores serviços e trabalha com as melhores marcas.

Compartilhe esse post!

Pajé Amortecedores e Pneus

São mais de 20 anos no mercado e 4 lojas no Rio de Janeiro. Além de trabalharmos com os nossos Amortecedores Remanufaturados, aqui na Pajé você encontra Amortecedores e Pneus das principais marcas com os melhores preços.

Posts recentes

Alinhamento Amortecedores Aro 15 Balanceamento Checklist Revisão Veicular Ecológico Freio Manutenção de Veículo Pneus Primeiro Carro Recondicionado Remanufaturado Revisão Veicular Sistema de frenagem Troca de Pneus Troca de óleo

Newsletter

Inscreva-se para receber nossas dicas e novidades.

Nós respeitamos sua privacidade e apoiamos as boas práticas do Comitê Anti-Spam e órgãos que regulam a internet.